A importância do cloro em sua piscina

A importância do cloro em sua piscina

O cloro na piscina é indispensável para eliminar micro-organismos e evitar que estes agentes não façam mal a saúde. O não uso do cloro na água da piscina, expõem quem a utiliza à algumas doenças que podem ser contraídas ao nadar na água que não está tratada.

Veja a seguir quais são as principais doenças:

1. Diarréia
Você sabia que se uma pessoa que está – ou esteve até 2 semanas antes – com diarreia, ao usar uma piscina, pode transmitir as bactérias e vírus desta doença causando assim uma “epidemia generalizada” nos demais banhistas?

Ainda bem que o cloro na piscina tem a ação de barrar justamente esse tipo de contágio.

2. Folicutites ou Dermatites
Conhecida por ser uma inflamação nos pelos, bem em sua raíz, a folicutite pode ser provocada devido a presença de uma bactéria que é comumente encontrada em águas de piscina não tratadas.

Apesar de ter um tratamento simples, com uso de remédios ou apenas de sabão antisséptico, o uso correto do cloro na piscina pode extinguir tal risco de infecção.

3. Micoses
A micose é um tipo de infecção que tem ação na pele, nas unhas e nos cabelos. Quem nunca pegou uma micose depois de frequentar um clube ou ir até um parque aquático tem muito o que agradecer a ação eficiente do cloro na piscina! Afinal, sem ele isso é praticamente uma missão impossível.

4. Verminoses
Infecção intestinal provocada por parasitas que, ao ingerir água de piscina contaminada, habitam no interior do organismo. É uma doença frequente que pode ser contraída de várias formas. Para se prevenir basta fazer o correto tratamento da água utilizando o cloro na piscina, que elimina os riscos de contrair a doença.

5. Conjuntivite
A conjuntivite é uma inflamação da membrana ocular e pode ser contraída pela falta de cloro na água da piscina, onde a água se encontra sem tratamento algum ou até em águas onde há o excesso de uso do cloro na piscina. É imprescindível ir ao médico após contrair para iniciar um tratamento correto a fim de evitar que esta se espalhe.